quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Jesus se comunicou com um morto?

Ola irmão, a consulta não se baseia em estar na presença do morto, mas sim, comunicar-se com o morto. O texto diz que além de comunicação visual, Jesus se comunicou verbalmente com Moisés. Outro ponto é que o papel de um médium é justamente tornar possível a comunicação de um morto com um vivo, teria então Deus feito este papel? "Os quais apareceram com glória, e falavam da sua morte, a qual havia de cumprir-se em Jerusalém." Lucas 9:31 Veja, Moisés, supostamente morto, estava falando acerca do futuro de Jesus, em Sua morte na cruz. A Bíblia é clara, irmão, não é lícito nem consultar, nem intermediar um diálogo com mortos, quer seja para revelar o futuro ou qualquer outra coisa (Deuteronômio 18:9-11). "Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos?" Isaías 8:19 Deus, irmão, não usa mortos para levar mensagens aos vivos, esta é a essência dos ensinamentos de Deus a este respeito. Não creio que Deus, seja adepto do "faça o que eu digo mas não faça o que eu faço" nem Cristo, que conhecia muito bem a lei. Manter comunicação com mortos, irmão, é uma pratica espiritista, totalmente rejeitada pelas Escrituras. O problema não é a presença do morto, em si, mas o "comunicar-se com os mortos", o "consultar os mortos". Nem toda sessão espírita conta com a presença do morto, irmão, a prática da necromancia inclui consultar mortos em um suposto além, a fim de receber orientações ou saber sobre o futuro. Na essência, se Moisés estivesse mesmo morto, o que ocorreu ali seria o mesmo que ocorreu como rei Saul, com a diferença de que, ao invés de uma médium, quem estaria intermediando a conversa seria o próprio Deus. Percebe o problema doutrinário, irmão? A psicografia, por exemplo, irmão, é consulta a supostos mortos, por meio da mente, mesmo se Jesus não houvesse visto Moisés, mas apenas se comunicado por pensamento, ainda assim seria uma consulta a um morto. Então o meio não importa, irmão, qualquer coisa relacionada à consulta ou comunicação com os mortos é proibido pelas Escrituras. De modo que não importa a forma como Moisés se apresentou, sendo passou alguma informação ali, para Jesus, houve sim comunicação entre um vivo e um morto, o que Deus por tantas vezes proibiu, usando até palavras pesadas, nas Escrituras. "Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti." Deuteronômio 18:12 Então, irmão, temos que mudar nossos conceitos acerca do estado de Moisés, quando conversou com Cristo. É regra fundamental que Moisés estivesse vivo, para que tal comunicação fosse lícita. Sendo então Deus mandando mensagem normalmente através de um profeta, como sempre fez, ao invés de um morto, como nunca fez e sempre proibiu nas Escrituras que se fizesse. E Deus, irmão, proibiu tal prática pelo fato de que Deus nunca usa este meio para se comunicar com os vivos! Deus não usa mortos para levar mensagem aos vivos. Um abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário