terça-feira, 27 de dezembro de 2016

A Bíblia trocou o sábado pelo domingo?

Olá, irmão Daniel, a Bíblia não diz claramente sobre a mudança do sábado para o domingo. Também não ensina a santificação do domingo. Também não registra qualquer ordem ou autorização para mudança do dia de guarda do sábado para o domingo. Vemos também que em nenhum ponto das Escrituras é dito que, porque Cristo ressuscitou no primeiro dia da semana, este tenha se tornado um novo dia de guarda no lugar do sábado. Cristo, deixou-nos diversos ensinamentos, mas nenhum deles com respeito ao domingo. Vamos então analisar para ver se estes versos, usados pelo irmão, autorizam uma mudança no dia de guarda. Mateus 22:36-40 em nada revoga 1 João 5:3, sendo também o mesmo mandamento "kainós" de Levítico 19:18. E por que Paulo não cita o sábado dentre estes mandamentos? Será que o sábado não mais existia na época de Jesus? Será que quando Cristo citou o conceito de "amar a Deus sobre todas as Coisas e ao próximo como a si mesmo" estava se referindo à toda a lei menos o sábado? Então não estou vendo onde, irmão, é que Jesus esteja excluindo o sábado em sua explicação acerca do sentido da lei, nem Paulo. Quando Cristo conversou com o jovem rico em Mateus 19:18-19, Cristo estava excluindo os 4 mandamentos da lei de Deus? Não, irmão, Paulo e Cristo apenas não mencionou o que não carecia ser mencionado, pois todo Judeu bem conhecia que o sábado fazia parte da Lei e dos mandamentos, bem como os outros 3 mandamentos. Que os judeus guardavam os 4 primeiros mandamentos, sob pena de morte, isto guardavam, mas davam menos importância aos outros 6 mandamentos e que se referem ao amor ao próximo, excluindo está prática de sua religião. Estes versos, irmão, não foram escritos com intenção de dar argumentos para a supressão do sábado. O sentido dos versos é apresentar a lei no sentido de Amar a Deus sobre todas as coisas (os 4 primeiro mandamentos) e ao próximo como a si mesmo (os 6 últimos mandamentos), o que se aplica também a toda a Lei que igualmente rege nossa relação com Deus e com o próximo, nada mais que isto. Cristo considerou os 4 primeiros, e que se referem ao amor a Deus na categoria dos "maior mandamento", embora não os tenha citado. Percebe as implicações disto, irmão? E Cristo cita o sábado, à partir daí, diversas vezes irmãos e nos ensina a guardá-lo corretamente. Todos os apóstolos e discípulos e que também guardavam o sábado, a prenderam o sentido de guardar o sábado amando ao próximo, curando o doente e alimentando aos famintos, tanto de pão como da palavra de Deus. E ambos, Cristo ( Lucas 4:16) e Paulo (Atos 18:3-4), nos deixaram o exemplo da guarda do sábado, costume que mantiveram até o último dia de suas vidas. O costume de ler a lei de Moisés (Atos 15:21) também se perpetuou depois da morte de Cristo e também do restante dos livros dos profetas (Atos 13:27). Um costumo do qual também participava os gentios (Atos 13:42-44). Então não vejo supressão do sábado do costume dos cristãos e nenhum cristão discípulos de Cristo entendeu tal coisa por meio do que Cristo lhes deixou por palavra e pelo exemplo (Lucas 23:56). Cristo não estava revogando o sábado irmão (Mateus 5:17). Nem era a intenção de Cristo ou de Paulo atentar contra leis, ainda que a dos judeus (João 19:4, Atos 25:8). Os judeus não acusaram Cristo, ou Paulo de violar o sábado, pelo contrário, a Bíblia diz que não encontraram neles culpa alguma, motivo pelo qual os mandaram a César. E Maria, mãe de Jesus, bem como sua família, continuaram vivendo em meio àquela comunidade e naturalmente guardaram o sábado como sempre fizeram, e assim permaneceram como os demais até o ano 70 quando da invasão de Jerusalém, guardando o sábado junto aos judeus (Mateus 24:20) inclusive no templo (Atos 2:46). Pergunte-se, por que não se usa este verso de Atos 2:46, que também fala de partir o pão, na defesa do domingo? A resposta é porque mostra o real sentido da expressão "partir o pão" segundo o costume diário cristão. Se não houve mudanças, irmão, os mandamentos de Deus permanecem. Até este ponto notamos que não há nada que indique uma revogação do sábado. Nem poderia, porque senão ficaria sem sentido as mulheres guardando o sábado no sábado da morte de Jesus e os demais judeus-cristãos perdurando na prática de ir aos sábados nas sinagogas, igualmente os gentios, como tradicionalmente era feito. Vamos ver em que ponto os cristãos se conscientizaram de que o dia deveria ser mudado, porque até agora, percebemos que nada mudou em relação ao sábado entre os judeus-cristãos. Tratemos agora das igrejas dos gentios: [Colossenses 2:16-23] - Problema: "...engane...palavras persuasivas." (Colossenses 2:4) "... filosofias e vãs sutilezas...tradição dos homens ... rudimentos do mundo" (Colossenses 2:8) - Motivo: "pretexto de humildade e culto dos anjos" (Colossenses 2:18) "ordenanças" (Colossenses 2:20) "Não toques, não proves, não manuseies" (Colossenses 2:21) "preceitos e doutrinas dos homens;" (Colossenses 2:22) "aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo...para a satisfação da carne." (Colossenses 2:23) - Alvo: "comer...beber...dias de festa...lua nova...sábados" (Colossenses 2:16) (ensinamentos da Bíblia) Problema = homens ensinando na igreja Motivo = ensinamento de preceitos de homens Alvos = festas e sábados (dados por Deus) > Contrariedade de Paulo: "Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados" (Colossenses 2:16) > Contrariedade para com quem: Os causadores do problema. > Conselho de Paulo aos cristãos de Colosso: Colossenses 2 e Colossenses 3. > A CAUSA PROVÁVEL DO PROBLEMA: Rigor acético, o mesmo de 1 Timóteo 4. [Atos 20:7] Ver o significado de partir o pão em Atos 2:46. E os judeus contam o dia à partir do pôr-do-sol, logo, aquela noite ali, era imediatamente ao findar do sábado (Paulo não viajou no sábado) e o mesmo capítulo diz que Paulo viajou depois da meia noite, no dia seguinte, logo, na manhã de domingo (Paulo não guardou o domingo). [Colossenses 2:16-23] Fala de dias de jejum irmão. [1 Coríntios 16:1-2] - Acerca dos bens a serem colegados: Quando fazer a separação destes: "No primeiro dia da semana"; Quem faria a separação: "cada um de vós" (individualmente); Onde seria feita esta separação individual: em suas respectivas casas, onde se encontravam os bens; Quando seria feita a coleta: Depois de cada um ter separado o que há de entregar Quem faria a coleta: Alguém ou um grupo elegido para tal; Quando seria feita a coleta: Antes de Paulo chegar; Paulo estaria ali entre eles durante a separação (no primeiro dia) e a coleta?: Não. Assim não houve reunião, muito menos com a presença de Paulo! O que foi reunido foram as ofertas, por meio da coleta, de bens que cada cristão tomou providência em suas respectivas casas. [Apocalipse 1:10] Definição de Deus sobre o Dia do Senhor: (Isaías 58:13) Jesus é Senhor de que Dia?: "Pois o Filho do homem é Senhor do sábado". (Mateus 12:8) Como o mesmo João, que conviveu com Jesus, chama o o primeiro dia?: "E no PRIMEIRO DIA da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro." João 20:1 Que dia Paulo usa como exemplo para o "DESCANSO NO SENHOR" em todos os dias? (Hebreus 4:4) Qual "dia do Senhor" Paulo usa para exemplificar o "descanso no Senhor" nesta passagem, irmão Daniel? A tradução do termo: Κυριακή NÃO significa "domingo", ela significa "dia do senhor" (português) ou "dies dominicus" (latim). "Domingo", por sua vez, é uma alcunha dada, por nós mesmos, ao "primeiro dia". Na Bíblia, porém, o primeiro dia continua sempre sendo chamado de "primeiro dia". O termo "dia do Senhor" ou "dies domincus", segundo a tradução em Latim se referem ao dia que era, de fato, chamado de "o dia do Senhor" e que era o sétimo (o sábado) e não o primeiro, a que hoje chamamos de domingo. E os mandamentos de Deus foram deixados para a igreja (Apocalipse 14:12, Apocalipse 12:17). Quem mudou os mandamentos não foi Jesus (Mateus 5:17), mas sim o poder que peleja contra Cristo (Daniel 7:25). E o resultado vemos no catecismo, especialmente no terceiro mandamento. A mudança dita por Daniel 7:25 "mudar os tempos e a lei" está devidamente concretizada no "guardar domingos e festas". Também a perseguição dos santos está registrada na conta deste mesmo poder da idade média. E a apostasia da idade média foi derivada das mudanças graduais nas práticas e ensinos da igreja. Pelo resultado na chamada "idade das trevas"vimos as consequências da gradativa mudança, incluindo a do dia de guarda, através da história. E nos escritos destes mesmos pais da igreja, encontramos outros ensinos que nem mesmo o catolicismo se dispõe a aceitar, registrados na mesma época onde se começou com a ideia de defender a guarda do domingo. Por isto não podemos aceitar os ensinos dos pais da igreja como tendo autoridade, a Bíblia só, deve ser nossa autoridade. A mudança que Deus não operou, homem nenhum tem autoridade de operar. Um abraço.

3 comentários:

  1. Não sei se eu já postei isso por aqui antes,mas sempre é bom repetir:o problema pra mim nem é tanto dizer que o Sábado foi abolido,mas querer justificar a guarda do Domingo pela Bíblia.É um absurdo inconcebível.Mas infelizmente há uma mentalidade pró-Domingo bem forte no Cristianismo.Fora que a guarda do Domingo é uma grande farsa,pois eu não nenhum católico ou evangélico que diz que o Domingo é o dia de guarda pra os Cristãos que realmente o guarde,a vida dessas pessoas no Domingo é praticamente igual aos do outros dias da semana.Não que os adventistas e outros grupos/igrejas que guardam o Sábado o fazem de uma maneira perfeita,afinal AINDA estamos num mundo de pecado e falhas de caráter existem na vida de todos nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até mesmo o teólogos bem informados têm deixado de lado os conceitos que conhece, quando o assunto é em relação ao domingo, irmão Jair. Infelizmente não poderão ser tomados por ignorantes, no que muitos perderão a salvação, por colocarem a autoridade humana acima da autoridade de Deus.

      Um abraço.

      Excluir
  2. Pra quem tem Facebook e ama odiar a IASD,seus problemas se acabaram-se !

    https://www.facebook.com/groups/1403487979668729/?fref=ts

    ResponderExcluir