sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Iglesias Pentecostales se convierten a Adventistas

5 comentários:

  1. Irmão Sr. Adventista, eu já pesquisei bastante na net sobre o assunto da trindade segundo a visão católica mas não encontrei quase nada.

    Ouço que achei eu não entendi!

    A questão é a seguinte: o entendimento desta doutrina pelos pioneiros adventistas eram idênticas ao entendimento católico? O entendimento atual da IASD sobre o assunto é igual ao entendimento católico?

    A meu ver a questão também envolve a natureza espiritual da deidade!!

    Você pode me passar alguma informação??

    Muitíssimo grato!

    Continue assim que o seu blog está show; é um mar de informações!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, irmão Huber.

      O conceito de trindade do protestantismo e do catolicismo é o mesmo.

      http://4.bp.blogspot.com/_00kuXzN1r0c/TLMAxqHWVxI/AAAAAAAACQI/Yfr9v-AuCzk/s1600/figura06C.jpg

      Haviam vários entendimentos acerca da trindade na época do movimento adventista. A igreja aceitou um ensinamento e rejeitou outros. De modo que a visão adventista hoje, acerca do conceito de trindade, é a mesma do meio protestante.

      O que muda é que a IASD não é influenciada pelo ensinamento da imortalidade da alma, de modo que há um detalhe contido na trindade de alguns pequenos veios protestantes, que não apoiamos. Como a crença, por exemplo, de que Deus não possua corpo nem partes, sendo supostamente de natureza etérea/fantasmagórica.

      Também não cremos de que Deus seja de natureza carnal como a do homem, como creem nossos irmãos mórmons.

      Também rejeitamos qualquer comparação da natureza de Deus com a dos anjos.

      A IASD crê de que Deus tenha uma natureza diferenciada da humana e da dos anjos, mas a Bíblia não especifica nem detalha como ela seria. Neste ponto não nos aventuramos em especular acerca deste assunto fazendo uso de Deuteronômio 29:29 que diz:

      "As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei."

      Alguns irmãos, incluindo adventistas, alegam haver diferenças devido à compreensão da natureza humana que é diferente de igreja para igreja. Basicamente há igrejas que são dicotomistas, outras são tricotomistas e outras defendem o holismo Bíblico.

      O irmão pode então perguntar, o que a estas perspectivas acerca da natureza humana tem a ver com a a trindade nas igrejas. A resposta é aquelas questões que lhe falei, onde há alguns irmãos, ainda que poucos, que atribuem o conceito de natureza etérea dos espíritos, segundo sua crença na imortalidade da alma, tanto a anjos quanto a Deus.

      Na erudição católica, adventista e protestante, porém, o irmão possivelmente não verá esta comparação.

      Entretanto, a IASD crê que a natureza espiritual dos anjos, ainda que não carnal, seja algo palpável e não etéreo. Que sejam tão apessoados como são mostrados na Bíblia. Quanto a Deus, prevalece o mistérios sobre Sua natureza. Não consideramos errado um irmão crer, por exemplo, de que possa abraçar a pessoa do Espírito Santo quando estivermos no céu. Mas não nos aventuramos a tratar deste assunto na forma de doutrina, pelo motivo de não termos informação na Bíblia. Assim, ensinamos primariamente como lemos na Bíblia mencionando Deus como tendo corpo e partes, como pés e mãos, assim como os hebreus O viam. Há uma doutrina, porém, já bastante desenvolvida acerca de Cristo como a Revelação de Deus, e que nos ajuda a, também, entender um pouco o motivo de a Bíblia apresentar Deus desta forma.

      (...)

      Excluir
    2. Resumindo, procuramos nos firmar mais no conceito da trindade e na sua diferença para com outros conceitos, no que assim declaramos, segundo nossas crenças fundamentais:

      A Trindade
      Há um só Deus: Pai, Filho e Espírito Santo, uma unidade de três Pessoas coeternas. Deus é imortal, onipotente, onisciente, acima de tudo, e sempre presente. (Deut. 6:4; 29:29; Mat. 28:19; II Cor. 13:13; Efés. 4:4-6; I Pedro 1:2; I Tim. 1:17; Apoc. 14:6 e 7).

      Deus Pai
      Deus, O Eterno Pai, é o Criador, o Originador, o Mantenedor e o Soberano de toda a criação. Ele é justo e santo, compassivo e clemente, tardio em irar-Se, e grande em constante amor e fidelidade. (Gên. 1:1; Apoc. 4:11; I Cor. 15:28; João 3:16; I João 4:8; I Tim. 1:17: Êxo. 34:6 e 7; João 14:9).

      Deus Filho
      Deus, o Filho Eterno, encarnou-Se em Jesus Cristo. Por meio dEle foram criadas todas as coisas, é revelado o caráter de Deus, efetuada a salvação da humanidade e julgado o mundo. Jesus sofreu e morreu na cruz por nossos pecados e em nosso lugar, foi ressuscitado dentre os mortos e ascendeu para ministrar no santuário celestial em nosso favor. Virá outra vez para o livramento final de Seu povo e a restauração de todas as coisas. (João 1:1-3 e 14; 5:22; Col. 1:15-19; João 10:30; 14:9; Rom. 5:18; 6:23; II Cor. 5:17-21; Lucas 1:35; Filip. 2:5-11; I Cor. 15:3 e 4; Heb. 2:9-18; 4:15; 7:25; 8:1 e 2; 9:28; João 14:1-3; I Ped. 2:21; Apoc. 22:20). Ver vídeo (Realvideo 3 minutos).

      Deus Espírito Santo
      Deus, o Espírito Santo, desempenhou uma parte ativa com o Pai e o Filho na Criação, Encarnação e Redenção. Inspirou os escritores das Escrituras. Encheu de poder a vida de Cristo. Atrai e convence os seres humanos; e os que se mostram sensíveis, são renovados e transformados por Ele, à imagem de Deus. Concede dons espirituais à Igreja. (Gên. 1:1 e 2; Lucas 1:35; II Pedro 1:21; Lucas 4:18; Atos 10:38; II Cor. 3:18; Efés. 4:11 e 12; Atos 1:8; João 14:16-18 e 26; 15:26 e 27; 16:7-13; Rom. 1:1-4).

      Para se aprofundar no assunto há um livro bastante recomendado intitulado "A Trindade", que pode ser adquirido pela Casa Publicadora Brasileira (www.cpb.com.br). Em se tratando da doutrina da Trindade a consulta a livros é extremamente incentivada, haja vista que esta é uma doutrina de fundamental importância, no que devemos nos empenhar em obter a compreensão mais correta possível.

      Um abraço.

      Excluir
  2. Muito obrigado pelas respostas...

    Veja se procede:

    Eu já li em algum lugar, não lembro, que a compreensão dos pioneiros sobre a trindade, compreensão está trazida das diversas igrejas de origem, eram diferentes da compreensão desenvolvida depois por eles na igreja adventista.

    Daí surge talvez a acusação de movimentos dissidentes de que a IASD adulterou andoutrina em detrimento do que compreendiam os pioneiros.

    Obrigado mais uma vez pela sua atenção!

    A sua opinião é muito importante pra mim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A unidade de crença veio com o estudo, assim como demais doutrinas. Os pioneiros se empenharam muito, a fim de deixar uma unanimidade de crenças para a igreja.

      Que Deus lhe abençoe, irmão Huber.

      Excluir