quarta-feira, 16 de novembro de 2016

A falsa apologética instalada aqui no Brasil

Porém, americanos e europeus, leem os mesmos livros e não veem mentiras naquilo que ela escreveu. Tive a oportunidade de assistir, por exemplo, o caso de um padre que tinha toda a coleção de livros da escritora, tendo os lido, todos, pelo menos duas vezes. É só aqui no Brasil, mais especificamente, em certo artigo do CACP, propagado pela internet, que vemos estas alegações. E veja, são 100 mil páginas de manuscritos, temos 12 objeções acerca de um conjunto de 100 mil páginas e 2.000 sonhos e visões. E objeções que além de não serem apoiadas no meio apologético americano e europeu, já foram abandonadas pelos próprios críticos no meio brasileiro. Acompanhei todo o processo, irmão Naldinhos, em meu blog estão registrados as conversas de ministérios que abandonaram estas alegações, mediante arrazoamento, estudo aprofundado e até debates. Exemplo: http://www.ia-cs.com/2016/10/cacp-e-condenado-pagar-50-mil-reais-ao_6.html Fora uma lista de vários sites apologéticos que faziam uso dos materiais do CACP e que decidiram se abster de usá-los para fazer criticas ao adventismo. Depois de muita briga e acusações do CACP, alguns destes ministérios prosseguem ainda hoje, criticando ao adventismo, de uma forma mais branda e definitivamente sem o uso dos materiais do CACP. E meu trabalho, hoje, é justamente levar os resultados triste desta experiência de outros ministérios a novos adeptos do CACP que aparecem na internet, no que se tem conseguido bastante êxito: http://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2016/08/cuidado-com-o-aliciamento-de-grupos.html Fizeram coisas muito mais graves do que praticar a desonestidade intelectual para com fontes primárias, propagando, incluindo, falsos testemunhos, por meio de pessoas com as quais conversei diretamente a alguns anos e que ainda hoje continuo mantendo contato. http://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2012/05/indicios-de-que-dois-testemunhos-do.html E que decidiram não mais praticar esta modalidade de fabricação de falsos testemunhos, feitos inclusive em vídeo. Infelizmente o CACP, ainda hoje, continua financiando e propagando esta modalidade de falsa apologética por meio de seus materiais: http://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2016/08/o-grupinho-ataca-novamente-com-nova.html As conversas diretas com os diretores dos ministérios que mudaram de ideia, estão registrados me meu blog e também nos blogs destes mesmos ministérios. Assim como as conversas com os ministérios com os quais estou trabalhando hoje. Um dos fabricantes dos falsos testemunhos é este amigo acima de nick LIVREPENSADOR1 e que continua mantendo um blog. É uma pessoa que hoje, a despeito de antigamente, se declara abertamente como ateu e anti-religioso. Este é praticamente o único blog crítico que restou. LIVREPENSADOR1 era também adminstrador do site 1844.webnode, o local onde se armazenava os ditos falsos testemunhos escritos e que não se encontra mais na internet, bem como vários outros, que propagavam aqueles mesmos falsos testemunhos aos quais transmiti o alerta: http://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2014/06/blog-adventista1844.html http://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2014/06/blog-exadventistas.html Um abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário