domingo, 16 de outubro de 2016

Resposta a Baeta Bomber

Olá, irmão, que disse que não faz uso dos materiais do CACP (https://www.youtube.com/watch?v=d5eH-EZncOo). O primeiro indicativo de que uma igreja não é cristã, nos dias de hoje, é a advocacia da abolição dos mandamentos de Deus.
Seria Paulo um sectário, por crer e guardar tudo que estava contido na Lei e nos Profetas? "Mas confesso-te isto que, conforme aquele caminho que chamam seita, assim sirvo ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto está escrito na lei e nos profetas." Atos 24:14 A Igreja Adventista é chamada de seita, por, assim como Paulo, guardar todos os mandamentos, inclusive o 4º, algo feito também por Jesus. E lhe mostrei que Jesus, de fato guardava o sábado. Não era uma atitude para agradar judeus, como se lê em materiais de baixo calibre como os do CACP. Outro indicativo da uma falsa igreja cristã é a pregação da graça barata, ou seja, o Cristão que aceita a Cristo, além de estar salvo para sempre, não importando o que faça, não precisa ser transformado a cada dia em semelhança a Cristo, ficando cada vez mais em harmonia com os mandamentos de Deus. Que ensinam de que os mandamentos foram jogados no lixo, por ocasião da morte de Cristo na cruz, ao invés de serem escritos no coração e na mente do convertido: 'Porque esta é a aliança que depois daqueles diasFarei com a casa de Israel, diz o Senhor; Porei as minhas leis no seu entendimento, E em seu coração as escreverei; E eu lhes serei por Deus, E eles me serão por povo;" Hebreus 8:10 De modo que a IASD é taxada de seita por advogar a vigência dos princípios de ordem moral da Lei de Deus, bem como dietéticas, higiências, dentre outras. Em desconformidade com a pregação de "libertação da Lei" em seu aspecto moral e não apenas condenatório, ao invés do principal significado da morte de Cristo na cruz, que é a libertação da condenação trazida pelo pecado, da condenação, não do dever de estar em conformidade com os mandamentos de Deus. "De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem. "Eclesiastes 12:13 Dever de todo "homem". Dever, não um meio para ser salvo. Como expliquei ao irmão, só receberam os mandamentos, via oral, como no exemplo de Abraão e seus descendentes (Gênesis 26:5, ). Escritos, na organização daquele povo (Êxodo 16:28) e no coração e na mente dos cristãos (Jeremias 31:33, cumprimento como vimos em Hebreus 8:10 ). A lei de Deus continuava sendo expressa, inclusive aos que não tinham contato com a mensagem, pelos mais variados meios, inclusive por meio da natureza (Romanos 1:20) e da moralidade internamente implatada (Romanos 2:14 ). Então como que a Lei de Deus foi abolida? E citei para o irmão vários versos como Apocalipse 14:12, Apocalipse 12:17, Apocalipse 15:8 mostrando que igreja verdadeira é aquela que guarda os mandamentos de Deus e não aquela que os despreza. Cristo: "Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim abrogar, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til jamais passará da lei, sem que tudo seja cumprido. Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus." Mateus 5:17-19 Paulo: "Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei." Romanos 3:31 "E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom." Romanos 7:12 Uma seita, também ensina de que a Bíblia de Cristo e Paulo não tem mais validade, segundo o qual Paulo declarou em seu tempo, já depois da morte de Cristo na cruz: "Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;" João 5:39 A única Bíblia escrita nesta época era o antigo testamento: "Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim." Atos 17:11 "Porque Moisés, desde os tempos antigos, tem em cada cidade quem o pregue, e cada sábado é lido nas sinagogas." Atos 15:21 "Por não terem conhecido a este, os que habitavam em Jerusalém, e os seus príncipes, condenaram-no, cumprindo assim as vozes dos profetas que se lêem todos os sábados." Atos 13:27 Com presença confirmada de gentios e quase toda uma cidade: "E, saídos os judeus da sinagoga, os gentios rogaram que no sábado seguinte lhes fossem ditas as mesmas coisas. E, despedida a sinagoga, muitos dos judeus e dos prosélitos religiosos seguiram Paulo e Barnabé; os quais, falando-lhes, os exortavam a que permanecessem na graça de Deus. E no sábado seguinte ajuntou-se quase toda a cidade para ouvir a palavra de Deus." (Atos 13:42-44) Esta é a igreja de Cristo. Uma igreja que ensina e pratica o contrário daquilo que Cristo, Paulo e demais Apóstolos ensinaram e praticaram, não pode ser considerada uma igreja verdadeira de Deus. Cuidado, irmão. Com esta teoria de abolição da Lei ensinada pelo CACP, muitos cristãos se encontrarão em posição nada confortável quando tiver que prestar contas a Deus. Quem aceita a Cristo, mas não permanece Nele, não participa do que é dito em Romanos 8:1. Até porque Paulo diz que todos nós, e estava falando aos cristãos, haveremos de prestar contas a Deus: "Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo." Romanos 14:10 "Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal." 2 Coríntios 5:10 As más obras, correspondem à transgressão dos mandamentos de Deus, ai, portanto daquele que não permanecer em Cristo, conforme ele nos aconselhou, que permaneçamos nos mandamentos de Deus, vivendo no pecado, porque pecado é a transgressão da Lei então ai daquele que ao invés de cumprir os mandamentos, ensina sua abolição, e leva uma vida matando, adulterando, furtando, mentindo, cobiçando, desonrando pai e mãe, adorando a outros deuses, se prostrando ou prestando culto a imagens de escultura, tomando o nome de Deus em vão, ou homenageando um dia feito pelo homem e dedicado ao homem, ao invés de um dia feito por Deus criadro e dedicado a este mesmo Deus criador, adorando ao senhor deste dia, que é Cristo Jesus (Mateus 12:8) e que criou, incluindo, este sábado (Marcos 2:27, João 1:3, Êxodo 31:15, Gênesis 2:3).

Nenhum comentário:

Postar um comentário