terça-feira, 30 de setembro de 2014

Convite apologético a Luciano Sena


Amigo Luciano Sena, darei um exemplo de como seria um ataque feito ao estilo do meio com o qual o amigo está acostumado, utilizando, inclusive uma das fontes tendenciosas de um meio onde o amigo tem costumado beber para que, talvez, o amigo entenda o que tenho lhe alertado: Segure-se na cadeira porque é um pouco pesado.

Simulação:

"Acusado de heresia, Servet foi preso e julgado em Lyon, na França. Conseguiu evadir-se da prisão e quando se dirigia para a Itália, através da Suíça, foi novamente preso em Genebra, julgado e condenado a morrer na fogueira, por decisão de um tribunal eclesiástico sob direção do próprio Calvino. A sentença foi cumprida em Champel, nas proximidades de Genebra, no dia 27 de outubro de 1553.

Puseram-lhe na cabeça uma coroa de juncos impregnada de enxofre e foi queimado vivo em fogo lento com requintes de sadismo e crueldade."

http://www.adventistas.com/marco2003/miguel_servetus.htm

Agora entendo porque Luciano Sena tem, a todo custo, tentado provar que a IASD é anti-trinitariana mesmo não sendo. Se naquela época serviu de justificativa para a destruição de um homem, talvez hoje também pudesse servir de justificativa em relação a toda uma igreja.

Não que Luciano Sena esteja interessado, assim como Calvino, a destruir pessoas, porém como já diversas vezes tornou público, deseja que se destrua nossa igreja, porque odeia o adventismo. Não seria isto?

Entendo então que talvez o mesmo ódio que Calvino sentia por Servet, seja o ódio que Luciano Sena tenha para com a religião adventista, não seria isto amigo Luciano Sena?

E assim como o anti-trinitarianismo serviu para a condenação de Servet, o amigo pretende que sirva também para a condenação da IASD.

Pois é amigo Luciano Sena, é deste modo que se faria apologética contra o calvinismo ao estilo que o amigo tem adotado, procurando desqualificar todo um movimento, no caso o calvinismo, ao mesmo tempo que ataca seu fundador e de quebra, desqualifica uma pessoa (no caso o amigo), usando uma abordagem extremamente apelativa e presunçosa.

E tudo que foi escrito parece ser verdade e fazer todo o sentido analisando as atitudes DAS PESSOAS.

Porém, sem ver realmente o seu coração e suas intenções!

http://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2014/09/batendo-um-papinho-com-luciano-sena.html

Se isto não lhe mostrar o extremo erro que é adotar este tipo de abordagem "apologética" não sei o que irá.

Até mesmo Martinho Lutero cometeu suas atrocidades, matando a irmãos que foram vistos por ele como ameaça!

Peço então que o amigo analise o engano de Miller por exemplo, em par com os enganos de Calvino. Pois Miller estava para os milleritas, assim como Calvinos está para os calvinistas.

Ellen White já é um outro assunto e, esta, está para os adventistas.

Analise então estas questões:

Miller e os milleritas;
Calvino e os calvinistas;
Ellen White e os adventistas;

Poderíamos incluir também:
Martinho Lutero e os luteranos;

Deseja contrapor as boas obras e as más obras de cada movimento bem como de cada líder de seus respectivos movimentos?

Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. Mateus 7:20

Façamos apologética!

Apêndice:


Ellen White apoiou Miller naquilo que descobriu como sendo revelação acerca da verdade, assim como apoiou Calvino e Martinho Lutero. (em resposta à afirmação "...não recebe atenção alguma noGrande Conflito, crédito especifico algum, pois para Ellen White, G. Miller é o profeta americano" - http://mcapologetico.blogspot.com.br/2014/09/o-livreto-de-samuel-snow-e-falsa.html)

Nenhum comentário:

Postar um comentário