terça-feira, 6 de setembro de 2016

Luciano Sena e o tormento eterno

Em resposta ao comentário: https://mcapologetico.blogspot.com/2016/09/a-justica-do-tormento-eterno-o-inferno.html?showComment=1473099044011#c2091250622675665159

"Creio que o ensino do tormento eterno, = inferno em nossa coloquial linguagem teológica, é um ensino claro, claríssimo, de Jesus. Creio que o autor mais claro desse ensino seja Jesus. Lamento que John Stott, Michael Green, entre outros, foram enganados pelo diabo a negarem tal ensino. Eles pecaram, assim como pecamos em outras áreas da vida. " (Luciano Sena)


Olá, irmão Luciano.

Faça um estudo mais aprofundado da Bíblia sem ignorar os versos que contradizem a doutrina do tormento eterno. Se os imortalistas conseguissem harmonizar estes verso, poderiam ter razão em sua opinião. Entretanto, tais versos não são levados em consideração em artigos públicos como este, justamente por que não há como harmonizá-los com a ideia de um tormento eterno sem recorrer a ensinamentos extra-bíblicos de Platão e Sócrates.

Agostinho continua sendo a base teológica de muitos irmãos, inclusive presbiterianos, a fim de explicar a imortalidade da alma e o tormento eterno e isto deveria ser algo a chamar a atenção.

Resposta ao artigo: http://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2016/09/resposta-justica-do-tormento-eterno-o.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário