sábado, 24 de setembro de 2016

A importância do sábado na Bíblia



Olá irmão, o uso do sábado foi autorizado desde o Éden. Isto encontramos em Marcos 2:27. O qual foi dado junto com o restante da criação, feita nos 6 primeiros dias. O exemplo de descanso também procede do Gênesis, conforme lemos em Gênesis 2:3. O que lemos na Bíblia é Deus cobrando a guarda deste dia, o qual lemos em Êxodo 16:27-30. Estas leis referidas no verso 28, onde Deus incluiu o sábado, eram possíveis de serem exigidas porque lemos que o Pai daquele povo já guardava um conjunto de leis, conforme lemos em Gênesis 26:5. Deste modo, o povo recém liberto estaria sendo lembrado de um mandamento esquecido (Êxodo 20:8) nos vários anos de cativeiro e escravidão (Êxodo 20:2) pelo qual passaram no Egito. Deus ordenou a guarda do sábado ali porque foi o momento em que o sábado deixou de ser guardado pelo povo de Deus, na descendência de Abraão. Vemos que Abraão já guardava os preceitos, estatutos e as leis de Deus, o que nos mostra de que estas leis já existiam antes mesmo de Abraão, a exemplo da distinção entre animais limpos e imundos (Gênesis 7:8) nos tempos de Noé. A Bíblia nos dá um vislumbre de que Deus atuou entre o povo antediluvianos, nos tempos de Noé, por meio da atuação do Espírito (escrito em maiúsculo), uma referência ao Espírito Santo (1 Pedro 3:18-20). A Bíblia nos mostra, também, de que a humanidade, até mesmo entre os ímpios, já conheciam o que agradava e o que desagradava a Deus desde os primórdios da história humana (Gênesis 4:23-24). Assim vemos Deus cobrando aquilo que já havia sido autorizado, ou seja, a guarda do sábado, para usufruto da humanidade. As lei de Deus visam ensinar o povo de Deus a fazer uso correto das coisas que Deus criou, como do sábado, dos animais liberados para alimentos, da sexualidade, de forma a restaurar o homem à condição anterior, de quando o pecado não havia entrado ainda no mundo, de quando a humanidade vivia em um estado de santidade. Não alcançaremos a santidade plena nesta terra, mas podemos sim alcançar a santidade dentro dos propósitos de Deus, que é ter uma boa saúde, um bom relacionamento com Deus e o semelhante. E assim Deus nos dá coisas boas, porque tudo que Deus faz é bom (Gênesis 1:31). O sábado é uma bênção, de modo que, mesmo que se desde Adão e Eva não se guardasse mais o sábado e viéssemos a conhecer a verdade sobre este dia, nos dias de hoje, compensaria guardar este dia. Assim como nos foi revelado que há bênçãos no suco da uva que se encontra no cacho (Isaías 65:8) assim há também bênçãos no sábado e que influem na nossa saúde e também no relacionamento com Deus e nossos Irmãos que é a função da Lei. E se hoje descobrimos que as bênçãos colocadas por Deus no cacho de uva, ajudam a promover a longevidade e uma vida mais saudável, imagine as bênçãos que estão contidas no sábado de descanso e comunhão com Deus e nossos irmãos. Então há bênçãos no sábado que não deveríamos desperdiçar, ainda mais quando sabemos que Cristo é o Senhor deste dia (Mateus 12:8). E sendo que Ele conhece as bênçãos contidas em um cacho de uva, quanto mais as bênçãos contida em um dia reservado, santificado, sobre o qual fez tanta questão de que Seu povo permanecesse ao ponto de dedicar bom tempo de seu precioso ministério, quando veio em carne, a fim de ensinar, aos de seu tempo, a forma correta de guardar e melhor aproveitar este dia para benefício de toda a humanidade. Assim, o sábado é um canal de bênçãos e santificação, por meio de um dia também abençoado e santificado e que aponta para Aquele que nos abençoa e santifica (Êxodo 31:13) e que é para todos, até mesmo os descrentes (Isaías 56:4-7), para que assim também conheçam o Deus criador de todas as coisas, cumprindo a profecia de Jeremias 10:11. E assim o sábado serve a todo o mundo como um lembrete da Criação e de Quem criou todas as coisas (Êxodo 20:11). Assim entendemos porque, nos últimos dias, nos é feito certo convite em Apocalipse 14:7. Porque estas verdades nos mostram quem dentre os que tem uma natureza humana é o único digno de receber adoração (1 Timóteo 2:5, Apocalipse 5:12, Apocalipse 4:11). O qual é somente Cristo, por meio do qual foram feitas todas as coisas (João 1:3). Assim, o sábado criado lá no Éden tem um papel fundamental no plano de Deus para a santificação do Seu povo, por ser um canal criado desde o Éden com este propósito, mesmo antes da entrada do pecado no mundo. A santificação é um processo de crescimento espiritual e que ocorre de forma mais intensa no sábado, onde deixamos de lado nossas atividades do dia-a-dia, para estarmos inteiramente diante Daquele que nos abençoa e santifica. E o sábado não aponta para si mesmo, mas para Aquele que é Senhor inclusive do sábado, Cristo Jesus, o idealizador do sábado e que um dia desejou estar presente com Suas criaturas pelo menos um dia inteiro na semana, a fim de compartilhar de toda a Sua sabedoria (Colossenses 2:2-3) e a fim de usufruirmos e comemorarmos juntos as maravilhas de Sua criação. Quantas vezes, na semana, o irmão tem a oportunidade de usufruir da natureza que Deus criou? Esta mesma natureza nos aproxima Daquele que a criou e nos fala de Seu poder e divindade (Romanos 1:20). Assim, tudo que Deus criou foi para benefício do homem, incluindo o sábado e tudo que Ele criou aponta para Seu poder e divindade. Faça um estudo profundo sobre este assunto, querido irmão, há muito mais coisas sobre a importância de se guardar o sábado, na Bíblia. Deus te abençoe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário