quarta-feira, 30 de setembro de 2015

O significado da expressão "tormento eterno" de Mateus 25:46

Pergunta:

"perfeito, sua análise parabéns não sobra dúvidas aliás a própria palavra tormento no hebraíco o que significa?"

Resposta:

Olá, irmão Carlos, alguns utilizam a ênfase na palavra tormento, para justificar de que o verso Mateus 25:46, esteja falando de um tormento de duração eterna assim como o próprio verso fala de uma vida de duração eterna.

Então antes de nos atermos tão somente à palavra, temos que nos ater também ao sentido dos textos, onde percebemos, neste caso, que o que está sendo contraposto são as palavras traduzidas por "tormento" e "vida".

Na nova versão internacional esta expressão "tormento eterno" foi traduzida por "castigo eterno":

"E estes irão para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna". (Mateus 25:46)

Veja, morte não poderia ser um tormento em nosso conceito ocidental, entretanto, morte cai como uma luva se visto como o castigo reservado aos ímpios (Romanos 6:23).

Aí sim, tomando a expressão "tormento eterno" por "castigo eterno" e NÃO "sofrimento eterno", conseguimos harmonizar este verso com o restante da Bíblia que diz de que o salário do pecado é a morte (veja, morte e não sofrimento eterno). Além dos verso que nos indicam de que os ímpios serão destruídos como em Malaquias 4:1, Salmos 92:7, Isaías 1:28 e Salmos 37:38.

E devemos entender que estes versos acima citados falam de um castigo final e não apenas de uma espécie de castigo em vida (posição que se percebe em Fernando Galli), porque além do anseio hebraico, estes versos indicam também um anseio de Deus. E devemos crer assim, também, devido ao fato de, ainda nesta vida, mesmo o ímpio conseguir se dar bem, muitas vezes até mais do que os justos. Então temos a certeza de que são palavras de cumprimento absoluto no castigo final dos ímpios.

E finalmente, devemos ler o verso de Mateus 25:46 segundo a luz de Romanos 6:23:

"Pois o salário do pecado é a MORTE, mas o dom gratuito de Deus é a VIDA eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor." (Romanos 6:23)

"E estes irão para o CASTIGO eterno, mas os justos para a VIDA eterna".
Mateus 25:46

No que percebemos que o que está sendo contraposto, de fato, no verso de Mateus 25:46 é também morte e vida.

Então respondendo à pergunta do irmão e tendo aproveitado a ocasião para tratar deste verso controverso, o significado da palavra traduzida por tormento em grego, pelo menos neste caso, é CASTIGO e não SOFRIMENTO. Podemos usar a palavra tormento se tivermos em mente a visão hebraica de que há tormentos para a morte.

"Eles sofrerão a pena de destruição eterna, a separação da presença do Senhor e da majestade do seu poder." (2 Tessalonicenses 1:9)

E entendemos que esta destruição não é imediata, mas sim gradual, exemplificada por meio de muitos ou poucos açoites segundo o exemplo de Lucas 12:48.

Então devemos entender que o tormento, como castigo, é algo que traz sofrimento, destruição e morte.

E homileticamente poderíamos dizer de que o próprio conhecimento de que a pessoa está sendo destruída e a iminência de sua própria morte é também algo atormentador.

Porém, a título de resumo sobre toda esta questão, podemos dizer de que este tormento é causado pelo próprio processo gradual de destruição dos ímpios, que é de fato o castigo que lhes está reservado.

Um abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário