terça-feira, 28 de abril de 2015

Por que a Igreja Adventista é tomada como sectária por parte de alguns?

Na procura de uma definição para o tipo de "sectarismo" que é atribuído à igreja adventista e analisando o conteúdo das queixas usadas, por alguns, a fim de separar a Igreja Adventista do Sétimo Dia em suas crenças e costumes das demais denominações, elaborei esta definição:

A Igreja Adventista do Sétimo Dia é considerada uma seita hoje, em âmbito geral, por seguir algumas doutrinas Bíblicas contidas tanto no antigo quanto no novo testamento e que não fazem parte da crença comum das demais igrejas.



Detre elas:
  • Sono da alma;
  • Sábado como um sinal eterno entre Deus e o SEU povo (incluindo hoje, a igreja);
  • Juízo começando pela casa de Deus (os salvos);
  • Sacerdócio celestial de Cristo, segundo as representações cerimoniais.
  • Obra da redenção ainda incompleta na cruz (adventistas creem de que somente a obra da salvação é que foi completa na cruz);
  • Destruição dos pecadores juntamente com o pecado (aniquilacionismo);
  • O homem como um ser holístico (um todo inseparável);
  • A dieta exclusivamente vegetariana do Éden como alimentação ideal;
  • Abstenção do consumo de carnes de animais considerados, biblicamente, como imundos (ex: porco);
  • Necessidade de conservação e manutenção da saúde integral do ser humano (corpo, alma e mente);
  • Abstenção do uso de joias;
  • Continuidade do dom profético;
  • O evento do dia da expiação (parte da interpretação das profecias);


Nenhum comentário:

Postar um comentário