sábado, 21 de março de 2015

Propostas revolucionárias resolvem o problema?

Uma intrigante imagem encontrada no facebook

Quando o problema vem de fora, revoluções até que resolvem o problema, mas e quando o problema vem de dentro?! Adianta tirar um governo do poder, para que outro poder vindo do mesmo meio corrupto assuma?

O único meio de se combater a corrupção política brasileira é antes combate a corrupção brasileira. Isto no entanto não ocorrerá enquanto o brasil continuar a investir em carnavais.

Combater a corrupção tem a ver com integridade, moral, ética e ordem e começa dentro da própria casa, de cada brasileiro.

E sem este livro aqui:




Tal trabalho será impossível.


3 comentários:

  1. Olá, sr.adventista. Tem razão. A corrupção tem a ver com a cobiça, sentimento tão latente em todos nós. O cidadão comum pode pensar que os homens que nos governam, por terem acesso à cultura, são melhores que os outros. Mas eles cedem facilmente perante os milhares ou milhões da moeda nacional. Temos aqui um problema de ética que a cultura só por si não consegue resolver. Eu falo por mim, tenho tentações (habitualmente relacionadas com comida), se me encontrasse perante um chorudo suborno, nem sei o que faria...mas como isso nunca aconteceu e nunca acontecerá porque o ambiente em que me movo não me proporciona tais condições, só me resta lamentar os que não se importam de ser um mau exemplo para os países que governam.
    Feliz Páscoa, sr. adventista, a época está à porta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente difícil resistir às tentações, especialmente comida, ainda mais nessa época onde há chocolate por todo lado que se vá!

      Tenha uma feliz páscoa estimada amiga Maria Gonçalves.

      Excluir
  2. Continuando, sr.adventista, não é só no Brasil que há corrupção nem comportamentos impróprios. Vemos o caso do ex-1º ministro José Sócrates, em Portugal, ainda em prisão preventiva. Temos os escândalos sexuais na Casa Branca, já há alguns bons anos, com o ex-presidente Clinton.
    A incapacidade de algumas criaturas se enxergarem com vergonha de si próprias é manifesta. Enquanto que o humilde,que já viveu em condições miseráveis, faz uma introspeção e decide dar um rumo digno à sua vida quando se lhe proporciona os meios materiais para isso, há a velhacaria de quem nasceu já com tudo e ainda quer mais. Também não se pode generalizar, é verdade. Mas estes corruptos que vão para a política seriam corruptos noutras profissões se tivessem oportunidade. Porém, se não houver reação por parte do povo, que se sente lesado, a corrupção alastraria ainda mais.
    Quanto à Páscoa, sr.adventista, a época aproxima-se com a necessária reflexão que a morte de Jesus nos traz. Ele morreu mas não foi esquecido.

    ResponderExcluir