sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Esta vida, no mundo de pecados.

Então ignore, querida irmã, aquilo que aconteceu na era medieval! Quando todas as religiões de um um reino se tornou uma única, porém contrária à vontade de Deus e Seus ensinamentos!

Quando você escolhe seguir a homens ao invés de Deus, Ele respeita a sua decisão e deixa que se colha os resultados!

Não há bondade inerente no homem, de modo que quando Deus se retira, o que impera é a maldade que há em todo o homem.

E os maus levam os bons a praticarem mais maldades.

Não há quem fale à consciência do homem e quem segure a maldade a fim de que a própria humanidade não se destrua, senão Deus.

E convém a Satanás, enviar os seus de um lado trazendo o terrorismo e do outro, alguém com aparência de piedade, imitando o próprio Cristo, mas levando a humanidade a se afastar de Deus, para que Deus se afaste deles e então satanás possa extrair toda a maldade que há no coração do homem!

Orgulho, inveja, vaidade, ódio, intolerância é o que toma o coração do homem, quando sentem-se em um falso período de paz e prosperidade, segurados pela mão de satanás!

Ou a irmão acha que não era gostoso, na época de Israel, quando se uniam aos povos pagãos? Quando toleravam toda sorte de práticas religiosas contrárias àquilo que é a verdade e que encontramos na Palavra de Deus?

Ou a irmã acha de que Sodoma e Gomorra não protegia os seus? Que não praticavam toda sorte de "amor" e tolerância, porém ao passo que faziam sexo com os de sua própria família e até com animais, não poupando nem os pequeninos?

O povo de Sodoma, como a Bíblia mostra, era ruim mesmo era com os forasteiros! Quanto aos seus, como ocorre até mesmo entre os criminosos, protegiam os seus e viviam em harmonia com os seus.

E em se tratando de religião, quando uma religião se une, e todos abraçam esta novidade, beleza! É clima de paz e fraternidade! Mas com o tempo acabam cometendo todo tipo de ato imoral aos olhos de Deus, por deixarem de lado a Sua Palavra, enquanto se sentem confortáveis em uma falsa paz, que inevitavelmente levará à morte, ao castigo e à perdição eterna!

Mas o problema é quando há aqueles que desejam a vida eterna! Que amam a Deus e concordam com as verdades que Ele ensinou!

Estes aí então são visto como inimigos, sendo perseguidos e até mortos!

Ou a irmã acha que aqueles que, por meio da intolerância, hoje atacam e agridem verbalmente os que guardam o sábado, não irão, no desespero que há de sobrevir, atacar e agredir-los pessoalmente?

Porque a "união" deixando de lado as diferenças é só para aqueles que concordarem em se unir!

Se estes respeitassem os demais que não hão de querer se unir e garantissem o mesmo respeito, ótimo, tudo bem! A nação de Israel viveu bem nas épocas em que permanecia com Deus, podiam fazer seus cultos, adorar ao Deus verdadeiro e seguir as verdades que Eles receberam!

Porém, no futuro não haverá como Deus proteger seu povo como que em uma nação, porque Seus filhos estarão espalhados por todo o mundo!

E estes não serão bem vindos entre aqueles que decidiram deixar de lado as verdades de Deus para se unirem em um ecumenismo religioso, enquanto que estes rejeitam tal idéia.

E serão os malditos, os sabotadores, os criadores de caso.

E se pelo menos o governo respeitasse a estes, como respeita hoje, tudo bem!

Mas não será assim querida irmã, assim como não foi quando a igreja se uniu ao estado!

Cada um tem a liberdade de levar a vida como bem deseja e crer naquilo que quiser acreditar. Porém sabendo de que o destino certo é a vida ou o castigo e a perdição eterna!

E se não houvessem justos na terra a quem Deus pudesse salvar, a história da humanidade já teria se encerrado há muito tempo atrás!

Porque não faz parte os planos de Deus, ter no universo este mundo de maldades sem limites, onde as pessoas sofrem, por conta das consequência do pecado!

Mas mesmo sofrendo as pessoas amam o pecado! A vaidade, a luxúria, o ego, a satisfação pessoal!

Mas tudo bem, se vivermos em um mundo de pecados, com dor misérias, catástrofes "naturais" que o homem não consegue mais segurar! Governado por Satanás enquanto o Espírito Santo se retira cada vez mais da terra e as pessoas se tornam cada vez mais insensíveis, arrogantes, muito amigo dos prazeres e muito pouco amigo de Deus.

Tudo bem, se não houverem mais milagres! Se Deus não refrear o mal e deixar a coisa toda correr! Que o homem entregue a si mesmo, destrua o próprio lugar onde vive, que doenças terríveis devastem o problema, sem ter consciência de onde tanta doença vem! Cada ano um vírus novo e mais devastador!

E a terra sendo refém de um armamento nuclear capaz de destruir planeta dezenas de vezes maior do que a terra.

Loucamente criando usinas nucleares que com o passar dos anos produzem toneladas de lixo radioativo capaz de por fim à vida na terra, os quais não é  possível destruir e cujos volumes aumentam mais e mais!

De usinas que sofrem calamidades e ameaçam a vida de cidades inteiras, para saciar a ambição humana!

Onde a cada ano, um louco toma o poder de algum país!

E onde pessoas e grupos de pessoas escolhem o mal e saem a praticar o mal e o terrorismo!

Acha mesmo que quando as religiões humanas se unirem, aquilo de mal que há no ser humano vai deixar de existir?

Pois é quando a humanidade está unida (e não em torno da vontade de Deus) e as pessoas se sentem confortáveis e amparadas, que o homem mostra aquilo que há de mais sombrio em seu ser!

Sim, para aqueles que querem viver como era a vida em Sodoma e Gomorra, será muito bom!

Droga liberada, sexo aceito em todas as suas formas possíveis! Prazeres, prazeres e mais prazeres carnais!

O pecado é gostoso querida irmã, o pecado é muito gostoso! Para quem não é acusado pela própria consciência uma vida de prazeres sem limites no pecado soa como muito bom.

Mas para quem não deseja tão somente uma vida temporária, breve e passageira, não é o suficiente!

Porque um mundo de pecados vai de mal a pior e não dura muito tempo!

Duradouro é apenas o mundo que segue os planos que Deus determinou, porque conhecendo o homem e tudo aquilo que Ele Criou, Cristo sabe o que é melhor para nós!

E Deus dá a oportunidade de escolha a cada um! E esta escolha tem que ser vivida já nesta terra!

O pecado no mundo tem seu dias contados! Cristo está voltando, querendo a humanidade ou não! Ele virá estabelecer o Seu reino eterno, quer concordemos ou não!

E no reino que está por vir, não haverá lugar para o mínimo pecado!

A santidade não é algo ruim querida irmã! Viver sem pecado não é algo desprazeroso!

Deus tem um problema terrível com o pecado. Ele odeia o pecado!

Mas ama suas criaturas!

E Deus detesta a injustiça e a imoralidade! Porque Deus é santo, e nos criou para ser santos!

O pecado não faz parte dos planos de Deus mas sim dos planos do Diabo.

Mas quando algo de ruim acontece, culpam a quem?

A Deus!

E quando algo de bom acontece, delegam méritos a quem? A si próprios!

E quando a vida vai bem, sendo próspera fazem a vontade de quem?

De Deus ou do Diabo?

Deus entregou o governo ao homem! Porém o homem entregou seu governo a Satanás!

Cristo, por direito de Seu sacrifício retomou para si este mundo e a humanidade!

Mas se a humanidade não quer ser salva deste mundo de pecados, o que há de se fazer?

Cristo levará consigo aqueles que querem realmente viver a eternidade, no governo de Deus, onde não há o pecado!

E o pecado só traz o mal, a culpa, a dor, sofrimento e as coisas que escravizam o homem na vaidade.

Uma falsa felicidade momentânea baseada nos prazeres da carne, na auto-suficiência, no poder, no status e nas riquezas. Enquanto destroem-se fisicamente, moralmente, bem como o próprio lugar onde vivem!

E usufruem de todas as bênçãos de Deus, em um corpo perfeitamente projetado para a felicidade humana e um mundo belo e perfeito! Enquanto se destróem lentamente!

E enquanto amam aquilo que trouxe a morte e que destrói o mundo também lentamente!

Tudo bem se não estivermos mais no universo daqui alguns milênios! Valerá o tempo em que vivemos aproveitando o que o pecado nos permite! Sem as proibições de Deus!

Porém, cada um tem o direito de fazer a sua escolha! Se deseja viver uma vida intensa porém breve, de prazeres no mundo de pecados!

Ou se preferem investir na vida eterna, em um mundo sem pecados!

E segundo a sua escolha, cada um receberá a sua recompensa e colherá as consequência daquilo que plantou no universo!

A punição e extermínio do pecado é algo que a Justiça de Deus demanda! E sendo Justo juiz, Deus não pode deixar a maldade que o homem escolheu para si, passar em branco!

E Deus nunca mando seus juízo sobre aqueles que decidiram permanecer na Sua vontade!

Deus protege! E manda o sol sobre bons e maus. Mas para tudo há um limite, e quando este limite é transpassado, Deus intervêm a fim de fazer justiça e proteger justos!

Deus permite que os maus existam, enquanto os maus permitem que os bons existam e adorem a Deus!

Quando o homem porém tenta tirar este direito de Deus e de seus filhos, aí Deus demonstra porque é Pai, que sai à frente na peleja pelos Seus filhos!

E se Deus permite que a aflição caia sobre seus filhos e padeçam de perseguição e desolação, é porque também ama ao que é mau e permite que seus filhos, depondo suas vidas aos pés da cruz, deixem um bom exemplo, a fim de que os maus também alcancem a graça do arrependimento!

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3:16)

4 comentários:

  1. «Então ignore, querida irmã, aquilo que aconteceu na era medieval! Quando todas as religiões de um um reino se tornou uma única, porém contrária à vontade de Deus e Seus ensinamentos!»
    Precisamente, sr. adventista,se na época existisse o ecumenismo, não teria havido a imposição de uma religião sobre as outras.
    «E convém a Satanás, enviar os seus de um lado trazendo o terrorismo e do outro, alguém com aparência de piedade, imitando o próprio Cristo, mas levando a humanidade a se afastar de Deus, para que Deus se afaste deles e então satanás possa extrair toda a maldade que há no coração do homem!» Este alguém com aparência de piedade é...?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida irmã, o que aconteceu em Roma foi um movimento ecumênico, que uniu todas as religiões pagãs do reino em torno do domingo! Onde, seguidamente, uniu-se a ela, a Igreja Cristã!

      Mais tarde vieram as 10 tribos bárbaras minando Roma, mas também acabaram se unindo ao papado.

      E colhemos os resultados disto!

      E a mesma coisa ocorrerá novamente quando sair novamente um decreto dominical!

      E este alguém com aparência de piedade é aquele que desde o princípio desejou tomar o lugar de Cristo, e que por isto é chamado de o anti-cristo. Leia 2 Tessalonicenses 2:9.

      Excluir
  2. «Uma falsa felicidade momentânea baseada nos prazeres da carne, na auto-suficiência, no poder, no status e nas riquezas. Enquanto destroem-se fisicamente, moralmente, bem como o próprio lugar onde vivem!»
    Sr.adventista, estes são os que aderirão ao ecumenismo religioso ou refere-se a quem não estará ligado a nenhuma religião ou a organismos de ajuda e solidariedade?
    Neste artigo, o sr. confunde ecumenismo com o paganismo bíblico. As religiões não cristãs atuais não têm nada em comum com Baal, pregam os valores humanos, a meditação e o amor universal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estes se referem ao homem em sua natureza, independente de terem ou não religião! E a vida que levamos aqui na terra, onde habita a morte e a miséria e que nenhum homem pode remediar! Porque somos justamente a causa de nossas próprias misérias e doenças.

      Portanto, enquanto não se corrigir este problema que está dentro do homem, este mundo jamais terá solução.

      E por acaso a ocorrência destas coisas negativas "falsa felicidade momentânea baseada nos prazeres da carne, na auto-suficiência, no poder, no status e nas riquezas" é que têm sido utilizadas hoje para justificar a imposição de um domingo.

      Assista aos pronunciamentos do papa que estão saindo um após o outro nas mídias.

      E o problema na antiguidade nunca foi Baal! Os falsos deuses nunca existiram e portanto não eram coisa alguma! O problema com os pagãos era a descrença no Deus verdeiro! O que faziam era resultado por viverem sem a presença de um Deus verdadeiro, afastados de Deus e de seus mandamentos.

      E os valores humanos, meditação e o amor universal formam o carro chefe da união entre Cristianismo e Paganismo! Isto porém não impediu que ocorresse o desastre que ocorreu.

      Excluir